fbpx

Vocês já sabem que a tag “5 coisas que não dou a mínima” nada mais é do que um espaço para divulgar mulheres que a gente admira de verdade o trabalho e a personalidade e, de quebra, saber curiosidades sobre elas. Uma das pessoas mais incríveis que nós já tivemos a sorte de conhecer foi sem dúvidas, a Flávia Durante. Portanto, ela não poderia ficar de fora!

Flávia é comunicadora, DJ e empresária nascida em São Paulo e criada em Santos. Desde 2012 produz o Pop Plus, feira de moda e cultura plus size, que arriscamos dizer, ser a mais conhecida do país, com média de público de 8 mil pessoas por evento. É mole? Ao longo destes 5 anos de Pop Plus, Flávia e sua equipe vem desmistificando conceitos e conselhos que mulheres (e homens também) vem ouvindo há décadas em relação à moda principalmente quando falamos de moda para mulheres gordas. Flávia quebra regras, padrões e tem muita opinião, mas o que sempre admiramos muito nela é o fato que ela faz isso com muita educação, elegância e inteligência. Agora que a gente já sabe um pouquinho sobre ela, vamos saber as 5 coisas que ela não dá a mínima?

 

1 – Falta de educação

“Muitos me falam ‘nossa, você faz tanta coisa e ainda assim é atenciosa e educada com as pessoas!’ Não entra na minha cabeça que exista uma possibilidade de ser de outra forma. Claro que nem sempre estamos de bom humor e na correria do dia a dia às vezes demoramos  para responder um e-mail, mas gentileza é algo que nunca deveria sair de moda.”

2 – Gurus
“Em um mundo tão louco como o de hoje, com tanta gente perdida e desanimada, é normal buscarmos ajuda no além, nos astros, na terapia, seja lá onde for. É praticamente impossível encarar as neuroses da vida sozinho. Mas é aí que temos que ter atenção redobrada com quem se aproveita dessas carências do ser humano para faturar em cima. Nunca perca sua capacidade de ser crítica, mesmo nas horas mais difíceis.”
3) Marcas conscientes 
“Tenho preguiça de marca que se diz moderna, sustentável, agênero, neutrx, consciente, etc. Mas que não inclui gente gorda.”
4) Idade
“Fiz 40 anos esse ano e se falar que não baqueei estou mentindo. Mas nunca pensei que poderia deixar de fazer algo por causa da minha idade. Pinto o cabelo de rosa quando dá vontade, me visto de drag à noite, vou atrás dos artistas tietar e pedir selfie, ainda sonho em fazer um mochilão pela América Latina. Estou sempre cheia de planos para o futuro. E não tenho medo de recomeçar quando as coisas dão errado.”
5) Tretas na internet
“Já fui mais respondona na internet mas hoje tenho evitado perder tempo pois quase nunca leva a nada, só ao desgaste e chateação. Saí de quase todos os fóruns e nunca leio comentários. A cada pessoa tosca que nunca vai mudar de ideia prefiro empoderar duas mulheres. A cada treta prefiro criar um projeto novo e bacana.”

— ♥ —

Curtiu as 5 coisas que eu não dou a mínima dela? Se identificou? Se inspirou? Conta pra gente! Pra acompanhar a Flávia: Instagram // Blog // Pop Plus

Veja também

Copyright © 2021 Chá de Autoestima. Todos os direitos reservados.