fbpx

Eu trabalho ajudando pessoas a pensarem criativamente pra colocarem no mundo suas ideias, paixões e projetos. Criatividade é um dos meus temas recorrentes também, porque criar é uma das minhas necessidades básicas. Preciso criar. Pra respirar mesmo, sabe? Acontece que, como criativa, enfrento um bocado de reveses, dúvidas e delícias que não se costuma falar por aí. Você também?

Aqui vão as 3 pequenas grandes verdades sobre o processo criativo que você precisa saber para desenvolver seu projeto:

1) O caos faz parte


Não se iluda, toda obra pronta tem bastidores cheios de pó e desordem. Tudo parece perfeito quando alguém mostra o resultado. Mas vá lá ver a mesa de trabalho, os rabiscos até chegar a versão final, os recortes e múltiplas referências, os rascunhos amassados na lixeira, as noites mal dormidas, as indecisões.
Aceite o caos e use a seu favor. Se necessário, desmantele as ideias, junte de outras formas, redescubra desenhos em nuvens e deixe que o vento mostre pra onde apontar.

2) Criar é meio bipolar

Às vezes eu alterno momentos de extrema energia com momentos de querer me esconder debaixo do edredom para sempre – ou até o próximo pico de energia criativa. Vontade de ler todos os livros e fazer todos os cursos, depois fico pirando com um monte de informação. Já sentiu isso também? Ao invés de ficar querendo que a coisa fosse toda linear, a gente pode aproveitar melhor cada ciclo e criar um ritmo em que a gente flua. Aceita que dói menos, saca? Crie um jeito de aproveitar os altos e baixos, porque eles existem e é fato.

3) Criatividade não precisa de caixinha

Ter uma vida criativa tem pouco a ver com ser uma profissional da área criativa, sabe? Tem muito mais a ver com colocar seu potencial criativo em movimento. Nos seus projetos, na solução dos problemas cotidianos, desenvolver um olhar para novas possibilidades. Tem a ver com manter a mente aberta e a curiosidade acesa. Uma rotina onde você coloca a criatividade até nas coisas que poderiam ser chatas e monótonas, como fazer sua agenda semanal. Criar símbolos, cores, usar post-its e lembretes que lhe conectem com esse olhar de criar solução. Estar ligada para perceber oportunidades que aparecem e criar outras também. Usar seus talentos e pontos fortes de maneiras diferentes. Propor outros caminhos e outras visões.

O que você percebe aí na sua experiência? Quais descobertas também já fez nos seus processos criativos?

— ♥ —

Por: Juliana Garcia

Veja também

Copyright © 2021 Chá de Autoestima. Todos os direitos reservados.