Publicado em Deixe um comentário

Movimente seu corpo: Um incentivo ao Muay Thai

Post enviado por: Isa Freire

 

Oi gente! Não sei se já contei pra vocês, mas tenho pavor de modinha. Exemplo: me recuso a correr 1km que seja porque todo mundo tá correndo agora. Sei que isso faz de mim uma ridícula mas eu sempre gostei de ser do contra, então vocês devem imaginar o quanto fico irritada quando alguma coisa que eu amo e faço há séculos torna-se o must-do-it do momento.

E bom, querendo ou não, isto está acontecendo com o meu queridíssimo Muay Thai, Kickboxing, Boxe tailandês, chamem como quiserem.

 

 

 

Eu entrei nessa há mais ou menos uns 10 anos, por influência de um ex-namorado (as usual). Comecei treinando na academia que eu malhava com várias outras meninas, mas sempre fui a menina que diferente de todas as outras não estava mais interessada em emagrecer do que de fato em aprender a lutar (é assim até hoje).

Depois passei a treinar com um cara que está famosérrimo lá no Largo da Barra, foi nessa época que comecei a me “viciar”. Fazia duas aulas seguidas às vezes (louca, porque nessa mesma época eu entrei na modinha vegan, resultado: virei um fio de pessoa com um cabelo podre amarelo e pele cinzenta).

Terminei com o tal namorado e adeus Muay Thai. Depois de 2 anos seguidos, dei uma longa pausa nas minhas lutas mas sempre morri de saudades. Eu sou uma pessoa que PRECISA liberar raiva de alguma forma e ainda não achei uma melhor do que socando alguma coisa, nem que seja uma almofada (melhor se for uma pessoa, claro!).

Passaram-se alguns anos e uma amiga me chamou pra fazer aula particular, fizemos por uns meses, depois desistimos, mais uma vez: fuen… mais uma vez eu voltei a ser a menina raivosa que não podia socar nada e ao invés disso xingava as amigas de vadia pra baixo (porque é assim que uma pessoa com anger management problems se comporta).

Mas a minha história volta a ser feliz (por um lado) agora. Muay Thai virou a mania do momento.. yayyy!!!! E cá estou eu, novamente empenhada, 100% livre de raiva interior, fazendo 2 aulas particulares por semana com o melhor professor do mundo (ele é lá de São Conrado, se alguém precisar de mais informações, me fala), com mil looks maravilhosos de muay thai (meu professor é tão maravilhoso que elogia meus looks) e cheia de vontade de lutar com alguém.

O problema é que eu sou pequena e leve e que muito mais da metade das meninas que treinam, tão lá pra aprender e emagrecer mas não necessariamente pra lutar com ninguém. Então fica aqui um apelo: meninas com menos de 50 kgs que sonham em bater e apanhar de alguém: me liguem, me mandem um telegrama!

E, sério, f*** que é modinha, entrem nessa, mesmo que vocês sejam do contra: traz segurança, autoestima, emagrece, te deixa sarada e te faz liberar toda a raiva que tem dentro de você!!

assinatura-Isa